Segurança do Réveillon contará com 12.700 policiais no estado Imprimir
Sex, 29 de Dezembro de 2017 15:40



 

O Réveillon do Rio terá 12.700 policiais e 1.393 veículos para garantir a segurança da festa em todo o estado. A Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro divulgou o esquema de policiamento que será empregado a partir de 8 horas de domingo, dia 31.12, até o primeiro dia do ano, com atenção especial para a orla da Capital, Niterói, Região dos Lagos e Costa Verde. Segundo a corporação, houve um aumento de 19,6% do efetivo, em comparação com o ano passado, quando foram empregados 10.694 policiais.

Mesmo com as dificuldades impostas pela crise econômica – que provocou perdas de recursos humanos e materiais – e com a necessidade de manter o reforço no policiamento na comunidade da Rocinha, o Estado Maior Geral Operacional da PM, responsável pelo plano, montou uma força-tarefa com a participação de efetivos e equipamentos de todos os batalhões convencionais da Região Metropolitana e do Interior, como também de Unidades do Comando de Policiamento Especializado (CPE) e do Comando de Operações Especiais (COE).
Para garantir a segurança da maior festa de réveillon do país, na Praia de Copacabana, a Polícia Militar mobilizou 1822 policiais e 64 viaturas. Trinta torres de observação estarão posicionadas na orla de Copacabana - 15 na areia e 15 no calçadão. Além das viaturas, o policiamento também será realizado a pé, com motos, com cães e a cavalo. Diferentemente das outras áreas do estado, onde o reforço começa a ser desmobilizado a partir das 8 horas do dia 01 de janeiro de 2018, o esquema de policiamento em Copacabana se estenderá até as 18 horas.
O BPChq vai atuar, a partir das 18h de domingo, nos 24 pontos de bloqueio em apoio à CET-Rio. O GETEM realizará comboios nas ruas em bairros de acesso à região da orla da Zona Sul. O Grupamento Aeromóvel (GAM), equipado com câmeras, vai monitorar os principais pontos da cidade. As imagens serão transmitidas em tempo real para o Centro Integrado de Comando e Controle Móvel (CICCM), que ficará posicionado na altura da Rua República do Peru com Avenida Atlântica. A Unidade de Controle de Distúrbios (UCD) também ficará junto ao CICCM.
Haverá ainda um esquema de plantão especial no Centro Integrado de Comando e Controle Móvel (CICC), na Cidade Nova, para acompanhar em tempo real as imagens geradas tanto pelas câmeras do helicóptero do GAM como pelas demais câmeras instaladas em diferentes pontos da cidade. Estarão atuando de forma coordenada representantes das Polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros, CET-Rio, Guarda Municipal e Centro de Operações Rio (COR).
Para arregimentar o efetivo compatível com festejos da passagem de ano em todo o Estado, foi preciso suspender férias e realocar policiais lotados em atividades administrativas. A reengenharia de pessoal possibilitou um acréscimo de 6363 policiais, superando em 24% o efetivo extra, obtido no ano passado.

 - A suspensão de férias e a realocação de efetivo que trabalha em atividade-meio em unidades administrativas e operacionais são procedimentos normais adotados pela Corporação para atender situações especiais, como Réveillon, Carnaval e outros grandes eventos - explica coronel Luís Henrique Marinho Pires, chefe do Estado Maior Operacional da PM.
Segundo o oficial, o efetivo que estava de férias em dezembro volta a trabalhar dois dias antes. E as férias de janeiro começam a partir do dia 2. Esses dias serão compensados de acordo com o entendimento entre os policiais e o comando das unidades onde estão lotado.
UNIDADES ESPECIAIS

O bairro de Botafogo e o Aterro do Flamengo vão receber apoio do Regimento de Polícia Montada (RPMont). Haverá também uma guarnição de cavalaria na orla de Copacabana. Policiais do BPGE usarão uniformes de praia e vão atuar nas areias da orla de Copacabana durante a noite. O BAC vai atuar na estação de metrô Cardeal Arcoverde, principal acesso de chegada e saída da festa, e na Central do Brasil.

As UPPs serão reforçadas. O BOPE ficará de prontidão e poderá ser acionado caso seja necessário. O reforço no policiamento na comunidade da Rocinha será mantido.
SEGURANÇA REFORÇADA TAMBÉM NAS VIAS EXPRESSAS

Além do Batalhão de Policiamento em Vias Expressas (BPVE), o Grupamento Tático de Ação Rápida (BPchoq/GTAR) vai patrulhar em apoio às Linhas Amarela e Vermelha, e Avenida Brasil, no período da tarde/noite.
O Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) iniciou o esquema de policiamento especial nas estradas estaduais desde sexta-feira da semana passada, dia 22/12, para atender a demanda dos festejos de Natal. O esquema permanecerá operando até o dia 2 de janeiro de 2018. Foram empregados 400 policiais militares e 80 viaturas, com prioridade para as rodovias de maior movimento – RJ 104, 106, 124 (Via Lagos), além das estradas de acesso à Região Serrana e do trecho do Arco Metropolitano, sob a responsabilidade da Polícia Militar.
O esquema especial do BPRV contará também com apoio de motocicletas, reboques e caminhões de apreensão de animais. Para obter informações em tempo real sobre o movimento nas estradas estaduais, os usuários poderão acessar a página do BPRv no Facebook.
RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES

A Polícia Militar recomenda a população que chegue com antecedência aos locais de festa, priorizando o transporte público e redobrando a atenção com crianças, identificando-as. A PM também orienta a não utilizar recipientes de vidro nem fogos de artifício.
Para quem vai viajar, seguem alguns conselhos:
- verifique os freios e o estado geral do veículo antes de pegar a estrada;
- não use bebida alcoólica antes de dirigir;
- transporte as crianças apenas nos dispositivos adequados;
- não transporte bagagem solta no interior do veiculo, pois em caso de acidente ela pode atingir um dos ocupantes;
- use sempre o cinto de segurança;
- não use o telefone celular enquanto estiver dirigindo. Deixe por conta do carona qualquer necessidade de utilização do aparelho;
- só ultrapasse com segurança;
- respeite sempre a sinalização;
- evite comprar produtos em ambulantes na beira da estrada. Esse ato além de ajudar a formar engarrafamentos também pode causar acidentes;
- A velocidade que emociona é a mesma que mata. Respeite a vida!

Fonte: O Globo