Governo do Rio: Esforço para elevar a receita

 

O aumento da receita estadual foi um dos pontos centrais do discurso do governador Wilson Witzel, ontem (08.01), durante a cerimônia de posse do procurador-geral do Estado, Marcelo Lopes, que recebeu o cargo de Rodrigo Zambão. Witzel reafirmou que sua equipe terá uma força-tarefa para melhorar a situação do caixa fluminense, e destacou que, sem isso, o governo pode chegar a julho sem dinheiro.

 - Estamos realmente com dificuldades. Se não fizermos nenhuma medida de contingência e negociação, vamos chegar em julho sem dinheiro. Temos restos a pagar de mais de R$ 11 bilhões, déficit de R$ 8 bilhões, e precisamos agir, cobrar os sonegadores, cobrar a dívida ativa, nos empenhar - declarou.

O governador acrescentou que o trabalho conjunto das secretarias já começará a ser feito. E sinalizou que o combate à sonegação fiscal será um dos pilares para melhorar os resultados da arrecadação.

 - Peço aos procuradores que se ajudem mutuamente para que a gente consiga, junto com o secretário de Fazenda, Luiz Cláudio Carvalho, e com o Sérgio Aureliano (presidente do Rioprevidência), buscar soluções para não chegarmos ao final do ano com esse déficit. Tenho certeza de que vamos conseguir entregar um estado muito melhor para o próximo governador do que o que recebemos - afirmou.

Fonte: Coluna do Servidor, O Dia